[av_section min_height=” min_height_px=’500px’ padding=’default’ shadow=’no-shadow’ bottom_border=’no-border-styling’ scroll_down=” id=” color=’main_color’ custom_bg=” src=” attach=’scroll’ position=’top left’ repeat=’no-repeat’ video=” video_ratio=’16:9′ video_mobile_disabled=” overlay_enable=” overlay_opacity=’0.5′ overlay_color=” overlay_pattern=” overlay_custom_pattern=”]

[av_heading tag=’h3′ padding=’10’ heading=’65º Congresso Tradicionalista Gaúcho’ color=” style=’blockquote modern-quote’ custom_font=” size=’35’ subheading_active=” subheading_size=’15’ custom_class=”][/av_heading]

[av_textblock size=” font_color=” color=”]
Irmanados por um sentimento de reflexão e promovendo a discussão de importantes tópicos do Movimento Tradicionalista Gaúcho, vivemos três dias de debates, solidariedade, confraternização e trabalho árduo no 65º Congresso Tradicionalista Gaúcho. O MTG, juntamente com seus Conselheiros e Delegados, sempre pensando no melhor para a vivência e difusão da Cultura Gaúcha definiu as diretrizes para o ano de 2017 e dentre as votações estava a eleição para a presidência do MTG, na qual o Engenheiro Civil, Nairo Callegaro, da chapa “De mãos dadas”, foi reeleito para a Gestão 2017 com 334 votos favoráveis e 36 contra. Seguem aqui as palavras do presidente no encerramento do Congresso: “Uma semente não se joga em um terreno que não está preparado, as sementes que foram lançadas aqui germinarão, pois, a terra em que foram lançadas é fértil e com certeza dará bons frutos”.
[/av_textblock]

[av_masonry_gallery ids=’3369,3370,3371,3372,3373,3374,3375,3376,3377,3378,3379,3380,3381,3382,3383,3384,3385,3386,3387,3388,3389,3390,3391,3392,3393,3394,3395,3396,3397,3398,3367′ items=’24’ columns=’4′ paginate=’pagination’ size=’fixed’ gap=’large’ overlay_fx=’active’ container_links=’active’ id=” caption_elements=’none’ caption_styling=” caption_display=’always’ color=” custom_bg=”]

[/av_section]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *